Translate

quinta-feira, 25 de julho de 2013

Da minha coleção Weiss - Floreiras

Hoje vou mostrar duas fases da Weiss por meio de floreiras.

A primeira é uma floreira, ou centro de mesa se preferirem, da fase áurea da Weiss.
Combina com as taças de sobremesa já publicadas anteriormente.
Muito dourado na parte interna.

Medidas, 27,5 cm de comprimento por 18,0 cm de largura e 12,0 cm de altura.
Provavelmente foi manufaturada no final da década de 1950.
Digo isso pois apresenta detalhes mais curvos, característica do início da década de 1960.



Pintura feita à mão,  e muito bem feita.
E a famosa numeração.

E agora, duas floreiras, em forma de pato.
Pato.
?????
É aqui que nos perguntamos, como uma empresa que produziu peças tão belas acabou produzindo peças tão... feinhas...
É a fase de decadência da Weiss, final da década de 1980, início da década de 1990, produtos chineses chegando ao Brasil por um preço muito mais barato...
A empresa tenta se recuperar, mas é tudo em vão.
A Weiss fecha suas portas em 1995.

Até a gravação da marca nas peças é feita de forma vulgar. Apenas um nome...

Já falei nesse blog, mas é sempre bom reforçar.
É uma pena que nosso país não possui memória. Não existe o resgate da nossa história, do nosso desenvolvimento.
É muito mais fácil dar valor a produtos, ou à cultura, estrangeira do que a nossa própria história.
Acho isso lametável.
E esse blog é uma tentativa de mostrar essa história tão rica que diz respeito a todos nós.
Realmente não sei se consigo fazer isso, mas a intenção é enorme...

quarta-feira, 24 de julho de 2013

Frio em Curitiba!

Não consegui fotografar a neve de ontem aqui em Curitiba, mas veja o que aconteceu com a água que estava em um balde e que acabou ficando do lado de fora de casa.
Congelou!
Hoje, na hora que acordei para ir trabalhar, estava fazendo 2 graus NEGATIVOS!
Quem sofre bastante são as plantas, algumas parecem que chegam a derreter...


E com esse frio, nada como ficar um pouco no sol. Dá uma preguiça...


sábado, 13 de julho de 2013

Prato em uralina / Vaseline glass plate

É engraçado, há muito tempo eu estive procurando comprar uma peça em uralina.
E o grande problema é que são peças difíceis de encontrar, quem tem raramente vende, e quem vende pede um preço muito alto.

De uma hora para outra essa é a segunda peça que compro em menos de um mês, um prato de aproximadamente 19,0 cm de diâmetro.
Estava eu, passeando pelo site Mercado Livre e me deparei com esse prato.
De início, é claro que não era possível identificar se era ou não uralina.
O que me chamou a atenção foi o trabalho de decoração do prato.
A borda dentada.
Muito bem desenhado e pontilhado.



 E ao centro uma rosácea de 12 pétalas.
Comprei!
Quando o prato chegou em casa, fiquei olhando, olhando... a coloração, apesar de nas fotos parecer amarela, na verdade é um amarelo com um pouco de verde.
Somente ao vivo é possível perceber isso.
Ah, não tive dúvidas, fui testar a peça.
Eis o resultado:


Não é lindo?

Para saber um pouco mais sobre uralina, veja minha compoteira em uralina.

quarta-feira, 10 de julho de 2013

Porta confeitos DP

Parece um cinzeiro, mas quem me vendeu garantiu que era um "porta confeitos".
Lógico que porta confeitos é muito mais elegante, e como não sou fumante, porta confeitos é ideal.

O quadrado superior tem 12,0 cm de lado, e a altura é de aproximadamente 4,5 cm.
Os pezinhos formam 4 parábolas.
 Apesar de pesada, não parece ser uma peça maciça.
A porcelana é bem grossa, tenho a impressão de que seja oca por dentro, igual aos lavatórios de banheiro.

A marca da decoradora de porcelana DP 541.

Como toda porcelana DP, é muito bem decorada.
Possui um rendilhado em dourado muito bonito.

A cena central é uma cena galante.
Repare que é o mesmo casal que decora o Jogo para bolo também da DP, só que um pouco mais insinuante...
O cavalheiro possui uma cesta de flores e oferta um ramalhete para a dama.
O que chama a atenção é que o desenho não parece retratar apenas ele oferendo o ramalhete. Repare que parece que ele segura em um dos seios da dama...
São as famosas pinturas eróticas de Fragonard.