Translate

sexta-feira, 3 de outubro de 2014

Jogo para jantar Porcelana Schmidt

A publicação de hoje é dedicada ao meu querido amigo Bruno Garcia, de Uberaba, que vez ou outra fica me atentando com alguns aparelhos de jantar que estão à venda pela internet.
Jogo completo e perfeito, não possui nenhum bicado, nenhum trincado, nenhum fio de cabelo,

Doze pratos fundos e doze pratos rasos.
Três travessas rasas e duas fundas.

Uma sopeira.
E uma molheira, peça difícil de se encontrar hoje em dia nos aparelhos de jantar.
Decoração com flores.
Simples, mas sempre um clássico.

Produzido entre 1945 e 1958 pela porcelana Schmidt, Santa Catarina.

2 comentários:

  1. Maravilhoso meu amigo e, logo outra bela aquisição chegando né? Fico feliz, vc tem verdadeiras raridades, peças que nos dias de hj não existem realmente! Seu bom gosto é raro! Obrigado pela dedicação do post! Grande abraço.

    ResponderExcluir
  2. CD,

    Muito linda esta louça brasileira. Às vezes encontramos os mesmos motivos em louça de marca diversa. Tem um do casal de faisões que é um conhecido exemplo. E estes de florais também. E quando não é o motivo é o molde mesmo das peças que é o mesmo. Não sei se isso se deve a uma sociedade de fábricas ou pirataria mesmo. Se bem que em se tratando de louça, faiança, cerâmica, etc. O único originalíssimo é o Oleiro Eterno que da cerâmica fez os homens.

    Ainda não fui ao seu site. Meio corrido e computador lento.
    Obrigado pela dica da gravura, como já te disse pode dar dicas, sugestões à vontade.
    E os nossos borrões, hem? Vamos chegar lá.

    Um abraço.

    ab

    ResponderExcluir