Translate

quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

Da minha coleção Weiss / From my Weiss colection

Antes mesmo de eu ter comprado as travessas e o galheteiro da Weiss, começar a explorar esse universo da faiança e porcelana nacional e começar a colecioná-las, antes mesmo de tudo isso, eu já havia comprado uma peça da Weiss e não sabia.
Uma vez, ao entrar em uma loja, me deparei com esse pequeno vaso (20,0 cm de altura, aproximadamente).
Achei a peça interessantíssima!
Só mesmo alguém com muita imaginação poderia pensar em fazer um vaso no formato da flor do copo de leite!
Comprei o vaso.
A base do vaso é a folha da flor do copo de leite, com os veios desenhados em dourado
Possui um pequeno bicado na parte superior. Mas é bem pequeno mesmo, não interfere no uso do vaso, nem altera a sua beleza.
Só depois de começar a me interessar mais pela faiança brasileira é que fui descobrir que a Weiss teve duas fases na sua produção, a "fase artesanal" que durou da década de 1940 até meados da década de 1960, e a "fase industrial" que teve inicio na década de 1960 e foi até 1995, ano de falência da Weiss, em São José dos Campos, SP.

Na fase artesanal as peças eram manufaturadas individualmente, num processo mais demorado.
Nessa fase a marca Weiss era assinada na peça e não carimbada ou gravada.
Além da assinatura, a peça recebia uma numeração.
Segundo Fábio Carvalho, já citado na publicação "Faiança X Porcelana" essa numeração é apenas um controle da produção, não significando que a peça é catalogada.
Tenho minhas dúvidas quanto a isso pois depois de adquirir várias peças da fase artesanal, identificar o design, o padrão de decoração e comparar as numerações, creio ser possível fazer uma datação, aproximada, de sua produção, justamente com o auxílio desse vaso.
Não vamos dizer que a peça é catalogada, é claro que isso não existia, mas identificada é óbvio que era, caso contrário não seria necessário escrever sequências de números nas peças.
A primeira sequência de números, nesse caso 332, deve indicar o número do modelo de peça que está sendo produzido.
Repare que eu disse "número do modelo" e não "número da peça".
Dessa forma, pode ser que todos os vasos copos de leite que ainda restam por aí devam iniciar com essa numeração. 
Para você entender a minha suposição sobre essa numeração, possuo peças com numeração inicial 1296 que, pelo formato,  espessura da faiança, peso e decoração, deve ser uma peça da década de 1960.
Esse vaso copo de leite é uma faiança pó de pedra mais "pesada", com aparência mais rústica, por isso uma numeração mais baixa.
A próxima sequência é o que me intriga "FV/44". Intriga e complementa a numeração anterior.
O que seria esse FV? As iniciais do artesão que produziu a peça?
Acho difícil...
Em qualquer situação de produção artística que eu conheço, a assinatura do artista, é a última coisa a ser feita em uma obra de arte.
Porque nesse caso seria diferente?
A meu ver, essa gravação parece indicar "FeVereiro/1944".
Nesse caso, o número "109" poderia identificar o artesão, coisa pouco provável pois é um número muito alto para uma fase artesanal de produção, ou talvez indique o número da peça produzida, e nesse caso a peça foi identificada como única e acabou recebendo um número que só ela possui..

Bem, como eu disse são apenas suposições...  Quando eu publicar outras peças dessa fase da Weiss você poderá constatar que é muito difícil saber o que realmente essas numerações indicam.
Existem peças com 4 campos de numerações (apenas números) e peças que além dos 4 campos de numerações possuem iniciais!

Tarefa difícil!

E como já falei anteriormente, infelizmente no nosso Brasil a memória, a história o passar dos tempos são simplesmente ignorados ou jogados no lixo... 

Tarefa difícil, mas posso garantir que é uma tarefa muito prazerosa...

2 comentários:

  1. Olá!Bom dia!Tem alguma informação sobre a marca Inac? Cerâmica,porcelana ou faiança?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se não me engano, essa marca era produzida em São Caetano do Sul. Mas não tenho certeza.
      Não possuo nenhuma peça Inac.

      Excluir